Corpo de enfermeira é encontrado na mata no bairro Morro Alto, em Paulínia

Sem categoria

O corpo da auxiliar de enfermagem e transexual Daniele Soares, a Dani, de 46 anos, foi encontrado na manhã desta segunda-feira (25/9), numa mata, no bairro Morro Alto, em Paulínia. Ela estava desaparecida desde sexta-feira (22). A Polícia Civil apura o caso.

Dani era um mulher transexual, enfermeira há 25 anos na Unicamp (Universidade de Campinas) e militante de causas LGBTQIA+ (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais, Queer, Intersexo, Assexuais) e outras. Ela é integrante deste a fundação do Coletivo de Arte Cultura e Direitos Humanos Boca de Sissí.

transexual Daniele SoaresNa delegacia paulinense, o caso foi registrado como morte suspeita. O corpo dela foi encaminhado para o IML (Instituto Médico Legal) de Campinas.

A família ainda não divulgou horário e local de velório e sepultamento de Dani, só após a liberação do corpo pelo IML.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *