Mobilização contra o Aedes aegypti de 27 de novembro a 2 de dezembro

Sem categoria

As equipes da Secretaria Municipal de Saúde estão nas ruas de Paulínia para combater o Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, chikungunya e zika, e orientar a população sobre cuidados e formas de prevenção e controle das doenças.

A iniciativa, promovida pela Unidade de Controle de Vetor do Departamento de Vigilância em Saúde e o governo estadual, referentes à Semana de Mobilização Social, tem como intuito preparar melhor a cidade e alertar os paulinenses para a sazonalidade da doença, que ocorre durante o verão, por meio da intensificação de ações contra o vetor.

A secretaria orienta a população a procurar um serviço especializado caso apresente qualquer sinal ou sintoma de dengue, chikungunya ou zika, como dores no corpo e febre. O diagnóstico e o tratamento para as doenças são oferecidos de forma integral e gratuita nos postos e nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs), por meio do Sistema Único de Saúde (SUS).

Para evitar criadouros do mosquito Aedes aegypti, elimine pratos de plantas (opte por pratos justos ao vaso) que acumulem água; descarte pneus usados em postos de coleta; retire objetos que acumulem água de quintais, como potes e garrafas; e verifique possíveis vazamentos em qualquer fonte de água. Fiquem atentos às lixeiras e caixas d’água mal vedadas.

Os criadouros do Aedes aegypti são todos os locais onde os mosquitos depositam ovos, que se transformam em larvas e mosquitos. A eliminação desses criadouros é uma estratégia fundamental no controle da proliferação do Aedes aegypti e prevenção das doenças. Alguns exemplos de criadouros são os recipientes de água parada, como calhas entupidas.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *