Paulínia recebe o Projeto Cidadania Itinerante com serviços gratuitos à população

Sem categoria

Em parceria com a Prefeitura e a Secretaria Estadual de Justiça e Cidadania, a iniciativa oferece atendimentos e informações essenciais nesta sexta-feira e sábado

No intuito de proporcionar acesso a diversos serviços essenciais, Paulínia fará o Projeto Cidadania Itinerante, uma iniciativa que conta com o apoio da Prefeitura e da Secretaria Estadual de Justiça e Cidadania do Governo de São Paulo.

O evento acontece entre os dias 15 e 16, sexta-feira e sábado. A distribuição de senhas, limitada a 100 por dia, garantirá um atendimento eficiente, sendo realizado por ordem de chegada.

Na sexta-feira, dia 15, o Parque da Amizade, situado no bairro Alto dos Pinheiros, será o ponto de encontro, das 9h às 17h. Já no sábado, dia 16, a ação se desloca para a Escola Nelson Aranha, no bairro Bom Retiro, com atendimentos das 9h às 15h.

Serviços Oferecidos pela Prefeitura:

●      Educação: Informações sobre o Programa Bolsa Educação 2024;

●      Saúde: Conscientização sobre doação de sangue, vacinação, aferição de pressão arterial e glicemia, orientações da Vigilância em Saúde;

●      Meio Ambiente: Informações sobre arborização urbana, uso sustentável dos recursos naturais e guarda responsável animal;

●      Cidadania: Programa Mov Inclusivo (transporte para pessoas com deficiência);

●      Desenvolvimento: Atendimentos do Programa Emprega Paulínia, Banco do Povo e Sebrae Aqui;

●      Esportes: Oficinas recreativas para crianças;

●      Campanha Dezembro Vermelho: Testes de HIV e Sífilis, distribuição de autotestes e preservativos.

Serviços Oferecidos pelo Estado:

●      Agendamento para 2ª via do RG e CNH;

●      Emissão da 2.ª via das certidões de nascimento, casamento e óbito;

●      1ª e 2ª vias do CPF;

●      Emissão do título eleitoral;

●      2.ª via de contas (água e luz);

●      Emissão da carteira de trabalho digital;

●      Atestado de antecedentes criminais;

●      Consulta ao Serasa;

●      Registro de boletim de ocorrência;

●      Entrada no seguro-desemprego;

●      Elaboração de currículo;

●      Orientações sobre o Procon e Defensoria Pública;

●      Encaminhamento para coordenações, programas e ouvidoria da SJC;

●      Recebimento de denúncias de discriminação étnico-racial, em razão de orientação sexual e/ou identidade de gênero e de intolerância religiosa.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *